Venha conhecer a trilha da Pedra Redonda

A visita pode ser auto-guiada, guiada contratando uma empresa especializada ou optando pelo roteiro do City tour completo que contempla também a trilha da Pedra Redonda.

Quero fazer a trilha

Prefere contratar uma agência?

Quer ir sozinho? (R$ 35,90/pessoa)

Posso ir sozinho?

Sim, grupos de até quatro pessoas podem agendar e comprar ingressos com horário marcado e uma permanência de 90 minutos.

Como contratar uma agência?

Aqui você encontra uma lista das agências. Você pode agendar diretamente com elas - algumas trabalham com agendamento online.

Crianças são permitidas?

Não será autorizada a entrada de crianças menores de 1,30m. O uso de máscara em todo o trajeto da trilha é OBRIGATÓRIO.


PEDRA REDONDA - 1.990 metros

Com 926 metros de extensão, é a trilha mais conhecida e frequentada da região. Sua inclinação é bem acentuada e exige algum esforço do turista na subida.
Para facilitar a acessibilidade, foram colocadas ao longo do trecho, escadas de madeira e algumas contenções dando mais segurança e favorecendo a subida. No meio do caminho há um mirante, faça uma parada, tire lindas fotos, recupere o fôlego.
Mas, a subida certamente vale a pena! Prepare-se para ter uma vista espetacular no cume plano como um terraço da Pedra Redonda.

Você sabia que?

As áreas e os acessos para as principais pedras de Monte Verde (Pedra Partida, Pedra Redonda, Chapéu do Bispo, Platô e Pico do Selado) são propriedades privadas;

Durante os 70 anos do distrito, o acesso às pedras foi liberado e/ou cedidos para uso determinado para a municipalidade e órgãos estaduais/federais, sem receita para os proprietários e sem cobrança aos visitantes pelos concessionários;

Em 2019, acabou a parceria/concessão entre os proprietários da Pedra Redonda e a Prefeitura de Camanducaia;

Em razão da pandemia de Covid-19, a Prefeitura, inicialmente, proibiu o acesso a TODAS AS PEDRAS;

A MOVE apresentou, então, um plano de retomada das atividades das agências locais de passeio, que exigiu dessas empresas uma estratégia de gestão que garantisse total segurança para os turistas e funcionários;

A MOVE assumiu a responsabilidade de organizar, gerenciar e manter a Pedra Redonda a partir de um modelo aprovado pelo colegiado de agências de passeios de Monte Verde, e com aprovação e monitoramento da Prefeitura. Foi formalizado um contrato com os proprietários para os próximos 5 anos;

Em julho, o acesso à Pedra Redonda foi permitido com restrição de número de pessoas e apenas para visitantes acompanhados com guias de agências credenciadas pela MOVE. As regras incluem número máximo de visitantes por horário, medidas de segurança e biossegurança;

Em novembro, moradores (mediante comprovação) também foram liberados para acessar a Pedra Redonda em horários pré-determinados;

A partir de dezembro, a MOVE passou a utilizar um sistema de controle de acesso e de reservas para gerenciar acessos de moradores, turistas e agências de passeios, e iniciou a cobrança de tarifas escalonadas de cada um desses entes, de modo a manter, melhorar e ampliar as experiencias na Pedra Redonda. Cobrança exclusiva aos turistas. Os moradores do distrito são isentos

A receita será destinada à conservação, estudo de impacto ambiental, capacitação dos condutores e regulamentação das atividades exercidas em todos esses atrativos turísticos;

As demais Pedras seguem com entrada não autorizada pelos proprietários.

O uso de máscara, por turistas e guias, é obrigatório durante todo o percurso da trilha e permanência na Pedra Redonda, conforme determinação da Prefeitura de Camanducaia, por meio de decreto municipal.